~ The Road Not Taken (Fringe 1.19)

maio 13, 2009 at 7:39 am Deixe um comentário

1No início eu já comecei a gostar, mas com o passar do episódio foram surgindo algumas cenas que eu fiquei simplesmente pasmo, sem palavra aguma! Novamente Fringe surpreendeu com um episódio brilhante e que deixou mais vestígios para o episódio que com certeza vai encerrar a temporada da série de uma maneira extraordinária.

Os casos, os mistérios, o suspense, tudo foi mostrado um pouco no episódio, cada parte impecável e impossível de colocar defeitos; acredito que já disse isso antes, mas tenho que dizer novamente que Fringe é uma das melhores séries no ar atualmente. 2
Começou com aquele caso de uma mulher desconhecida simplesmente explodindo no meio da rua, daí em diante a trama foi ficando mais complexa e essa morte abriu as portas para coisas chocantes. Que ZFT é o maior mistério todos sabemos, mas estamos cada vez mais perto de descobrir ainda mais sobre essa organização responsável por essas coisas inesplicáveis que vimos desde o início da série. O envolvimento de Willian Bell da “M.D.” está cada vez mais nitido e as maluquices não param de surgir.

As cenas da outra irmã gêmea quase explodindo, mas com a ajuda de Olivia desviando para o Agente Harris foi uma das que me deixaram de boca aberta; não tem como se imaginar uma coisa dessas e vendo no episódio eu fiquei sem ação alguma. Falando no agente Harris, já era meio na cara que ele tinha algum pontinho de participação nessas coisas estranhas e esse episódio só mostrou aquilo que pelo menos eu já suspeitava.

3
Nina pra mim sempre foi uma das personagens mais curiosas da série, sem dúvida tem grande conhecimento dos processos realizados pela “M.D.” e mesmo não aparecendo frequentemente na série, sempre que dá as caras traz algo bastante interessante. Na parte final do episódio vimos que ela acabou se encrencando também, com certeza por ter ido falar com “Broyles” (é esse o nome dele mesmo?), mas ainda acho que ela não morreu e veremos mais coisas dela pela frente.

Que Walter é o melhor personagem que a série tem todo mundo já sabe, mas nesse episódio novamente ele conseguiu surpreender; com suas maluquices e toda inteligência ele ainda protagonizou aquela excelente cena onde Olívia vai ao seu encontro e ele chora dizendo que infelizmente não consegue se lembrar do passado; a cena foi demais. No final do episódio contamos com a presença do misterioso Homem CARECA, que sem dúvida todos querem saber a respeito; o interessante é que no episódio ele apareceu do nada no laboratório de walter dizendo que estava na hora de ir, mais curioso ainda é que o cara foi com ele sem ao menos perguntar nada antes. O que esperar para o próximo episódio? Não sei, mas sem dúvida muito ansioso pra conferir.

Nota: 9,8

Por: Lucas Santtos

Anúncios

Entry filed under: Fringe. Tags: .

# Omega (Dollhouse 1.12 | Season Finale) ~ What A Difference A Day Makes (Grey’s Anatomy 5.22)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Contador de Visitas

  • 449,419 Visitas

Visitantes Online


%d blogueiros gostam disto: